A DEVOÇÃO CEGA

Nós ocidentais, cristãos na sua maioria, criticamos atos exagerados de devoção, que muitas das vezes passam até por sofrimento e mutilação.Queremos ignorar estes martírios para termos vidas agradáveis e sem estes percalços de fé.
Independente em que crêem, estes religiosos suplantam suas limitações físicas para cumprir promessas, demonstrar fé.
Uma dedicação que não é muito comum nos ocidentais, que primam pelo raciocínio e lógica na fé.
Como se isto fosse possível.
Católicos são ecléticos, assembleianos cheios do fogo, batistas friamente racionais, etc.
A religião, independente de qual seja, precisa destes atos exagerados, desta provação, para renovar a alma de todos os devotos.
O sofrimento e a diversidade moldam as pessoas para melhor, e proporcionam novos caminhos a escolher.
A renovação espiritual não passa somente em acreditar, mas transformar-se interiormente.
Caso contrário se torna um mera repetição de tradições, mantras, rezas ou orações.
Se não fosse assim, que adiantaria para nós cristãos, terem pregado Jesus na cruz?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s