O BIZARRO CHURRASQUINHO GREGO COM PÃO

São Paulo é realmente a terra da gastronomia.
Restaurantes, padarias, lanchonetes, etc. Um paraíso para os glutões.
Nos cinco dias que fiquei por lá, experimentei pão com pernil, pão com mortadela, pão com churrasquinho grego.
Isto mesmo.
Aquela coisa estranha que ninguém sabe bem de onde, mas tem certeza para onde vai.
O primeiro a ser saboreado, foi o nefando churrasquinho grego. Em plena 25 de Março, no reduto da galeria Pagé, me arrisquei a comer esta inigualavel especiaria.
Na frente de um botequim, o movimento era grande. Passavam um pouco das 10 horas da manhã.
Diogão e Scarlett iriam me acompanhar. Só assistindo ou amparando no caso de passar mal ou sucumbir diante de um mal súbito. A Galeria Pagé estava fechada. Operação da Polícia Federal recolhendo mercadorias de procedência e qualidade duvidosa. Réplicas chinesas.
Como todo ano, nesta época a autoridades aplicam a lei e a ordem.
Por R$2,00 comeria o churrasquinho e ganharia grátis dois copos de suco de…não sei bem o que era. Cor alaranjada pálida gosto indefinivel.
Preciso apurar meu paladar para prazeirosamente comer e beber estes petiscos gastronômicos.
O atendente cortou aquele monte de carne cuidadosamente para servir SEIS ávidos incautos transeuntes que esperavam matar a sua fome e si mesmos.
Fui o último a receber.
Entrei no botequim com o intuito de comprar um Coca-cola normal para matar qualquer coisa que pudesse estar viva no meio daquela carne.
Diogão e Scarlett estavam sentados no fundo do bar bebericando agua mineral.
Quando estava chegando lá, um truculento senhor de meia idade e inteira falta de educação foi me expulsando sumariamente do bar, esbravejando:
– Churrasquinho é lá fora! Sai daqui!
Tentei contra-argumentar dizendo que iria consumir um refrigerante.
De nada adiantou.
Fui comer a iguaria no sol e com apenas os copinhos de 100ml de “suco”.
talvez seja o clima paulistano.
Na sua maioria, pelos locais que andei em São Paulo, pelas ruas ou trabalhando nas lojas, as pessoas são carracundas, mal-humoradas.
As pessoas normais acabam se tornando feias pelo estado de espírito.
Ou porque comem coisas bizarras.

Anúncios

2 comentários sobre “O BIZARRO CHURRASQUINHO GREGO COM PÃO

  1. Scarlett Svab disse:

    O que mais me espanta, caro Luiz, é que, apesar da “zona” carioca, e talvez do falso educado bom humor, somos assim por dizer, um povo quente.
    Enquanto os paulistas, escondidos sob a indumentaria dos sérios e corretos, tornam-se chatos e bobos. Sem assunto.
    Eu admito que prefiro o churrasquinho a carioca, regado de cerveja, papo furado e pagode – que seja.
    Aliás, essa é uma opção que eu mesma fiz pra minha vida ! Em vários aspectos !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s