JINGLE BELLS

Dezembro.
Começaram os festejos natalinos.
Arvores de natal, canções, decorações.
Começaram as férias do mundo.
Pelo menos aqui no Brasil só terminarão depois do carnaval.
Retrospectivas na televisão.
Melhores momentos.
Melhores do ano.
Acho uma chatice enorme.
Parece que os assuntos estão congelados até terminar o carnaval.
Infelizmente, tenho que entrar no mesmo ritmo de todos.
Mas nada de retrospectiva.
Nem melhores momentos.
Em março de 2009, quando completar 2 anos escrevendo sobre nada, talvez eu pense em fazer uma retrospectiva sobre tudo.
Final de ano as pessoas estão mais solidárias, mais abertas ao momento de boa vontade entre os homens.
Não vou pendurar apetrechos natalinos em casa ou luzes que piscam das mais variadas formas.
Entro muito pouco no clima natalino.
Quando os filhos eram pequenos era mais fácil.
Mas eles crescem.
Quem sabe se algum dia eu case e for pai de novo, eu acabe me encantando de novo pela época.
Por enquanto, Papai Noel se for lá em casa vai virar ceia de natal de pitbull.
Não era nada disso que eu gostaria de escrever hoje.
Mas ainda não encontrei as palavras e nem definição para o momento.
Quem sabe semana que vem.
Mais pertinho do natal talvez eu encontre as palavras.

Anúncios

Um comentário sobre “JINGLE BELLS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s