EU SOU MEU MAIOR INIMIGO


Na arte da guerra da sobrevivência humana, se alguém conhecesse os meus segredos, com certeza sairia vencedor do embate.
Em meio as duas margens da razão, o abismo abissal de nossos desejos aprofunda as diferenças que temos uns com os outros.
A cegueira que nos atinge em determinados momentos de nosso pequena existência se agiganta nos piores momentos.
A sociedade exige que tenhamos comportamento padrão. Uma padronagem baseada nos aspectos interpretativos de um determinado grupo.
Se estou entre os Amish, tenho que me comportar como eles.
Se estou na corte inglesa, reverência a sua majestade rainha Elizabeth II.
Em Roma, aja como os romanos.
Ontem de manhã, estava assistindo as seletivas de atletismo dos Estados Unidos no Sportv.
As seletivas americanas estão repletas de atletas de altíssimo nivel, com medalhistas olimpicos ou futuros vencedores.
Se o atleta não estiver concentrado, focado na vitória, nada vai adiantar a excelente preparação física. Ele tem que se conhecer para não acabar derrotado por seu maior inimigo. Aquele que conhece todas as suas fraquezas: ele mesmo.
Nos 1500 metros na seletiva norte-americana de atletismo, uma menina de 15 anos disputou a final. Corpo ainda em desenvolvimento, os seios nem despontavam ainda, baixinha perto das outras atletas que disputavam a prova.
Não venceu a prova. Mas venceu seus medos.
O homem é o seu próprio pior inimigo.
Eu só me derroto quando não tenho certeza do que realmente quero.
Querer não é poder e a devoção dos seguidores atrás do objetivo, propõe uma nova perspectiva na visualização de nossos desejos.
No final, nada faz sentido.

Anúncios
Publicado em: EU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s