A EXTENUANTE ROTINA DO TÉDIO

http://sample.swf
A semelhança entre o tédio e a rotina é uma tênue linha invisível.
Acho que arrebentei a linha.
A minha falta de paciência deve ser o cansaço mental.
O que não extenua, renova.
O que não renova é um lusco-fusco ideiativo que oprime as idéias.
Se fosse ficar aqui enumerando as razões do desgaste, o texto seria tão entediante quanto o título pífio que coloquei nele.

Segundo especialistas, quando privado de sono, o cérebro pode processar os processos visuais simples, como enxergar painéis luminosos. No entanto, as “áreas visuais maiores” do órgão – responsáveis por dar sentido ao que vemos – não funcionam muito bem. “É aí que reside o perigo da abstinência do sono”, acrescentou o pesquisador Michael Chee.

Estou tirando merecidas férias de várias pessoas e atividades, mantendo pelo menos um pequeno elo, muitas vezes perdido.
Por mais que a gente goste de algumas pessoas, elas acabam evaporando a paciência devotada.
Nestes casos, só férias.
Ou desemprego relacional.
Vou evitar as mortes sociais.
A utilização do desemprego relacional é mais funcional que teórico. Aplicando-se a distância, a falta de comunicação, a falta de paciência podemos agregar a rotina das conversas, os ciclos viciosos ao fato.
É preponderante a expiração de idéias que venho passando.
Inspiração deficiente.
Talvez precise de aparelhos para continuar a respirar.
As idéias só as vegetativas.
Mas como tenho me sentido nos últimos tempos, as funções criativas estão apenas no nível crítico.
Acho que tudo começou na noite de quinta, quando choveu horrores e meu quarto inundou, molhando a cama.
A partir deste dia, tenho dormido no desconfortável sofá da sala.
Segundo recentes pesquisas publicadas na revista especializada Journal of Neuroscience por cientistas da Duke University e da Universidade Nacional de Cingapura, a privação do sono afeta o cérebro.
Hoje devo abandonar o sofá e a sala para dormir.
Pode ser que amanhã eu esteja pensando diferente.
Cíclico.
Mas não vicioso.

A maior descoberta é que o cérebro de um indivíduo privado de sono pode trabalhar normalmente, mas algumas vezes sofre de algo parecido com um apagão, disse Clifford Saper, da Universidade de Harvard.

http://sample.swf
Estou na minha fase apagão?

Anúncios
Publicado em: EU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s