IDEIANDO

Depois de servir de exemplo como uma empresa não deveria atuar, a IBM voltou com uma nova prática e um novo posicionamento no mercado e no mundo.
Na maioria das vezes, por uma preguiça monumental preferimos pensar, imaginar como teríamos agido ou falado em determinada situação.
Estes momentos, geralmente acontecem quando vamos dormir ou então, logo após um momento stressante, que deveria ter uma reação mais reativa do que contemplativa.
Crises ideiativas são quase sempre atreladas ao momento de cruzar a ponte no abismo das relações, ou até mesmo de derrubar nossas ligações com nossos equilíbrios opostos ou agir contra a nossa própria natureza, sendo ela velha ou nova.
Até eu que digo a verdade, doa a quem doer, tenho meus momentos ideiativos.
A vontade é mesmo de deitar numa sala escura e ficar ideiando o que poderia ter dito, feito ou não feito.
Tem sempre um gaiato de plantão que quando sabe de uma situação como esta, vem e diz para você:
– Ah se fosse comigo!

Mas na verdade sabemos que ele talvez fosse até muito mais contemplativo ou reativo que você.
Pensar não faz mal a ninguém.
Idéias fazem parte do modus operandi do cérebro.
Até dormindo nós ideiamos através dos sonhos.
Ao final de tudo, nós todos somos uns grandes ideiotas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s