HOMEM NÃO CHORA

Para ouvir enquanto lê a postagem.

Domingo de choros e agradecimentos a Deus.
A Ele toda honra e toda glória!
E não estou falando de igreja.
O fim de semana foi de festa futebolística!
Homens e mulheres chorando pelas vitórias alcançadas pelos times de futebol!
A máxima homem não chora caiu por terra.
Marcos, goleiro do Palmeiras, depois de quase desistir de jogar, após 3 fraturas no braço, chorou ao ser substituído e homenageado pela torcida. Agradeceu a Deus, aos amigos, família, preparadores, diretoria, etc.
Elder Granja, lateral do Palmeiras, que passou pela mesma situação do goleiro, agradeceu a Deus, glorificou, e chorou. E ainda pediu desculpas por estar chorando.
Cesar Prates do Figueirense seguiu o mesmo ritual.
Não precisei ir a igreja para ver testemunhos de fé e glorificação a Deus.
Até porque encarar os religiosos de plantão exaltando a si mesmos, contando piadinhas sem graça, dispenso.
Só se for para chorar de tristeza.
Lembro que quando era pequeno, minha mãe e meu pai falavam quando acontecia algo sem importância: vai chorar por isso? Homem não fica chorando por estas coisinhas!
Sábado no futebol, quando caí de costas, fiquei sem conseguir respirar, com uma dor fenomenal. . Não estou nem conseguindo sentar direito, e dormir menos ainda.
Mas nenhuma lágrima.
Agora eu não choro nem por dor, nem por amor.
Os meus choros não chegam a completar uma mão na contagem.
E antes que eu me esqueça nunca me passou pela cabeça lhe pedir perdão.
Acho que coloco o choro no mesmo nível do abraço.
Muitos podem discordar, é saudável chorar. Para quem é chorão!
Outro dia um amigo me obrigou a abraçar uns dos meus desafetos, na tentativa de minimizar os stress entre as partes.
Horrivel.
Hoje discuti com a minha filha mais velha por ela ter me chamado de retardado.
Infelizmente, filhos de pais separados são tão suscetíveis as estas coisas.
O pais mais frágeis ainda diante da necessidade de serem pais e disputarem a atenção com tios e avós que desejam ser mais do que devem.
O meu ex-sogro sempre falou mal de mim. Apesar de ser diácono, filho de pastor e com uma imagem religiosa plantonista. Quando me separei ( acho que era o que sempre desejou) teve mais motivos para sua falastronice histriônica. E sempre falou mal na frente dos meus filhos e para quem quissesse ouvir.
Belo exemplo de crente.
Cansa esta casta de gente falsa, serpente que se arrasta pelo chão.
O mais contraditório é fazer um discipulado, e nele confirmar que tudo é diferente da realidade religiosa que vivemos nas igrejas.
São as famosas baratinhas que comem aqui e defecam ali.
Pelos últimos 6 anos separado, e não tão próximo, os filhos esquecem outros 12 anos.
Ouvir que nunca fui pai, é duro!
Esse meu rosto vermelho e molhado é só dos olhos pra fora, todo mundo sabe que homem não chora.
Só chorei por dentro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s